Apresentação

A Agropecuária Ipê iniciou a produção de novilho precoce em 2004, buscando desenvolver uma tecnologia de ponta de produção de carne bovina de alta qualidade, tipo exportação, que pudesse se integrar à lavoura de grãos, sua atividade principal. Na região do Paraná, a complementaridade entre lavoura e pecuária é especialmente interessante no inverno. O plantio de trigo e triticale, culturas muito vulneráveis a ocorrência de geadas, é substituído por pastagens sazonais (“pastagens de integração”), formadas por plantações de aveia com Azevem. Os bovinos se alimentam destas pastagens e continuam ganhando peso, mesmo no inverno.

Com uma alimentação de alta qualidade, tanto em termos de pastagens como de grãos, os bovinos alcançam precocemente o peso para abate, resultando em carne macia e de excelente acabamento em termos de capa de gordura.

Nas propriedades nas quais pratica a pecuária, a Agropecuária Ipê tem o ERAS (Estabelecimento Rural Aprovado no SISBOV) e, desde dezembro de 2008, está autorizada para exportar para União Européia (participa da Lista Traces). Além de cumprir com todas as exigências do SISBOV, a Agropecuária Ipê desenvolveu um sistema informatizado para controlar individualmente os manejos de cada animal, maximizando a segurança do processo de rastreamento.